Pesquisa: usuários passam mais tempo em redes sociais


O site Emarketer publicou hoje um artigo sobre a pesquisa "Digital Life", realizada pela TNS, sobre o comportamento dos usuários de Internet nas redes sociais em um comparativo com o uso de e-mail.

O que me chamou a atenção:



Usuários gastam em média 4,6 horas por semana em redes sociais. Se você passa mais tempo e não trabalha na área, fique preocupado. Muito preocupado.

64% dos usuários frequentes de Internet tem perfil em pelo menos uma rede social. Quando vejo pessoas com mais de 50 anos me adicionando como amigos no Facebook e a quantidade de jovens de baixa renda em lan houses, até me surpreende que não seja mais.

Usuários se mantém em contato com mais de 50 amigos através das redes sociais.  Isso significa conversar mesmo. Considerando que nosso limite cognitivo de relacionamento é 150 contatos, conforme explica este artigo na Revista Galileu, significa que um terço dos relacionamentos que cultivamos é mantido por meio virtual. Imagine se contassem como rede social os jogos on-line como World of Warcraft... Assustador, não acha?

Confira o artigo na íntegra que traduzi para você ou veja a original  aqui.
Como o uso de redes sociais tende a se tornar normal na vida dos usuários de Internet em todo o mundo, obviamente tende a  ser a atividade na qual as pessoas investem mais tempo na web.

A pesquisa TNS "Digital Life"  realizou um levantamento de usuários de Internet ao redor do mundo em Setembro de 2010. Indica que, em média, os internautas gastaram 4,6 horas por semana em sites de redes sociais, em comparação com 4,4 horas em e-mail, a internet e outras atividades.



A pesquisa TNS confirmou que o e-mail  não é única atividade com a maior participação global, mas os usuários são significativamente mais propensos a enviar e receber e-mails para  sua base diária de contatos do que fazer qualquer outra atividade. Quase três quartos dos entrevistados checam seus e-mail todos os dias, em comparação com menos da metade que checou sites de redes sociais com a mesma freqüência.

A diferença na participação foi menos evidente quando os usuários foram questionados se "nunca" participaram de uma atividade, com 98% utilizando-mail e 86% sociais, de acordo com a TNS.

A edição de 2010 da UM (anteriormente Universal McCann) "Social Media Tracker" não relatou sobre o uso, mas sobre a manutenção do perfil social. O crescimento em todo o mundo e nos EUA continuou, com mais de 61% dos usuários freqüentes de Internet mantendo um perfil em pelo menos uma rede social.



E não é de admirar que eles gastem muito do seu tempo em sites de redes sociais. Além de uma grande variedade de jogos sociais e oportunidades para compartilhar e gerar conteúdo, redes sociais permanecem no coração de uma ferramenta de comunicação. Usuários de Internet dos EUA disseram na UM em 2010 que permanecem em contato com 53 pessoas, em média, através de redes sociais,  contra 31,2 pessoas no ano passado. Em todo o mundo a tendência foi semelhante: os usuários agora se mantém em contato com 52 amigos por meio de redes sociais, em comparação com 38,8 em 2009.

Digg Google Bookmarks reddit Mixx StumbleUpon Technorati Yahoo! Buzz DesignFloat Delicious BlinkList Furl

1 comentários: on "Pesquisa: usuários passam mais tempo em redes sociais"

Pri disse...

Fiquei preocupada. :D

Postar um comentário

Deixe aqui o seu InSurto: