Decote "rejuvenesce" mulheres em redes sociais

No dia 29 de janeiro de 2010 foi realizado o #lingerieday, dedicado aos tuiteiros e tuiteiras (não, não é um trocadalho do carilho com aquela outra palavra que começa com punho) colocarem como avatar (sua imagem de perfil) uma foto em roupas íntimas.

"Tá, e daí?". Daí que fiquei me perguntando o que essa exposição gratuita da intimidade alheia significa, sem julgamentos morais. E... que ela não é gratuita! Quem faz isso quer algo, seja aumentar suas conexões (no bom sentido e no melhor ainda também) ou apenas sentir-se desejado(a).

Mas o que sua foto nas redes sociais diz a seu respeito? Ela vai atrair oportunidades ou fazer você ser ignorado? Como sou um cara estatístico, nada como uma boa pesquisa para responder a essa questão para que você, digamos, tenha mais chances de encontrar um namorado/namorada antes do Dia dos Namorados!

Adianto alguns pontos:
Foto do decote "rejuvenesce" mulheres em redes sociais.
Barriga tanquinho garante roupa lavada.
Foto amadora simula "intimidade".
Use uma foto fuleira e vai receber... mensagens fuleiras.

Você pode ler o original em Inglês ou ver a tradução feita em parceria com minha InSurtogirl Priscilla Rezende do Sacola Phyna abaixo. E boa sorte!

Os quatro grandes mitos sobre as fotos de perfis

Pesquisa publicada por Cristian, no blog do OkCupid.com, que catalogou mais de 7.000 fotografias de perfis analisando três aspectos principais:

1. Atitude Facial: a pessoa está sorrindo? Olhando para frente? Fazendo "cara sedutora"?
2. Contexto da foto: tem bebida alcóolica? Tem um animal de estimação? É ao ar livre? É em um quarto?
3. Pele: quanta pele a pessoa está mostrando? Quanto do rosto? Quanto dos seios? Quanto do abdôme tanquinho?

Vamos à pesquisa:
Ao olhar de perto a grande variedade de formas que os usuários escolheram para representar a si mesmos, descobrimos que muito sobre o que diz o senso comum a respeito de fotos de perfis estava errado. Para os leitores interessados, vou explicar o nosso processo de medição e como foram coletados os dados no final do post. Agora, vamos aos dados.

Mito 1: É melhor sorrir

Uma das primeiras coisas que notamos ao analisarmos as fotos é que homens e mulheres têm diferentes atitudes diante da câmeras.
Nas fotos, as mulheres sorriem quase duas vezes mais que os homens e fazem aquela "cara sedutora"  quatro vezes mais.
Mas só o sorriso não é garantia de sucesso: elas recebem mais mensagens quando postam fotos olhando direto para a câmera, como mostram as fotos do centro e da direita, logo acima.
Certas convenções sociais aplicam-se também à Internet: se você quer seduzir alguém, deve olhar diretamente para a pessoa, olho no olho.
Já as fotos dos homens são mais eficazes quando eles não olham direto para a câmera e não sorriem.
Talvez as mulheres desejem um pouco de mistério. "O que ele está olhando?"


Mito 2 - Você não deve tirar sua foto com o celular ou webcam

A lógica: telefones celulares e webcams tiram fotos de baixa qualidade, enquanto que com a câmera fixa no computador ou na mão amplia o contexto da foto e evita aquela imagem assustadora de alguém à espreita, no escuro, na frente do computador, limitada, tirando sua própria foto.

Ficamos surpresos ao constatar que, para ambos os sexos, auto-retratos são mais bem sucedidos do que a média:
Talvez essas fotos de baixa qualidade técnica passem uma imagem de intimidade, e é inegável que o melhor das fotos amadoras é a a sensação de proximidade, como se você fosse um velho conhecido da outra pessoa. 
Esta constatação levou-nos a investigar as fotos de mulheres que postam as famosas "MySpace photo" (uma alusão às fotos dos perfis do MySpace, cuaj maioria segue esse padrão), tiradas segurando a câmera de cima para baixo, com "cara de tímida". Tínhamos certeza de que todos pensavam que estas fotos eram ruins. Mas estávamos muito errados.
Levando em conta o número de novas mensagens recebidas nos perfis, a "MySpace photo" é simplesmente o tipo de fotografia mais eficaz para as mulheres. Inicialmente achamos que isso era só porque, normalmente, você pode ver o decote da menina devido ao ângulo da câmera, por isso, excluímos todas as fotos que mostravam esse ângulo e avaliamos os números novamente. Nenhuma mudança: ainda é a melhor fotografia, melhor, na verdade, do que fotos só dos decotes (falaremos sobre isso mais tarde).

Pelo menos para perfis em sites de relacionamento/namoro, e talvez para as redes sociais em geral, a "MySpace photo" pode ser a melhor escolha para as mulheres.


Mito 3: Homens devem ficar de camisa

As fotos de "barriga tanquinho" é a versão masculina das "MySpace photo" das mulheres: é um clichê da internet que, supostamente, só os idiotas usam. Uma jornalista foi visitar o nosso escritório recentemente e, quando lhe falamos que estávamos pesquisando as fotos dos usuários, a primeira coisa que disse foi: "Por favor me diga que as pessoas odeiam quando os caras mostram a barriga". Nós não tínhamos fechado os resultados ainda, por isso ficamos tranquilos e confiantes de que as pessoas realmente odiavam. Os dados contradisseram isso.
Naturalmente, há alguma segmentação aqui: os caras mostrando sua barriga são os únicos com uma barriga que vale a pena mostrar e, naturalmente, os melhores corpos recebem muitas mensagens. Portanto, não podemos recomendar esta tática para todos os homens. Mas, ao contrário de tudo que você lê sobre fotos de perfil, se você é um cara com um corpo bonito, é realmente melhor tirar sua camisa. Nós nunca iríamos sugerir para um Fitzgerald ou um Dave Eggers limitar seu perfil a 100 palavras, então por que indivíduos com belos corpos deveriam manter os seus melhores atrativos escondidos?

Namoro, tanto online como offline é como um jogo onde se usa os pontos fortes e isso não é diferente para os homens musculosos, mesmo que a pose clássica seja meio difícil de fotografar:
Depois de semanas de triagem através de fotos, comecei a chamar esses caras sem cabeça (porque ressaltam só o abdome e cortam as cabeças nas fotos) de cavaleiros.

Uma ressalva interessante aqui é que essas imagens parecem ter uma vida útil curta: a eficácia da foto só da "barriga tanquinho" diminui acentuadamente com a idade do fotografado.
Um rapaz de 19 anos mostrando sua barriga encontra, na "vida real" pouco menos de 1,4 mulher para cada mulher que ele contata, o que significa que não só as mulheres respondem às suas mensagens, mas muitas entram em contato com ele primeiro. Para um homem de 31 anos que mostra seu abdome, esse percentual cai para perto da média, que é de 0,6 mulher contactada/conhecida. Ou seja, faz mais diferença para o rapaz de 19 anos mostrar sua barriga tanquinho do que seu próprio rosto.

Pela faixa etária dos usuários analisados, só podemos dizer com certeza que isso funciona para homens entre 19 e 31 anos, mas temos uma forte suspeita de que essa tendência continua a diminuir com a idade. No futuro talvez possamos investigar o que está por trás do declínio: se é porque caras mais velhos e seus abdomes menos "sarados" são menos atraentes, ou porque as mulheres, à medida que envelhecem, acham fotos do corpo menos interessantes?

Um último ponto sobre os homens, os seus corpos e as roupas: se você não é o tipo que pode mostrar seus músculos, vista uma camisa. Roupas mais sofisticadas do que uma camiseta não são uma boa pedida:


A foto do decote

Não há mitos associados ao fato de mostrar o decote. A maioria dos "especialistas" recomenda que você não mostre, mas todos sabem que os seios chamam atenção. Assim, tratar essa recomendação como um "mito" soaria falso. Mas a foto do decote é o análogo feminino à "foto da barriga tanquinho", e como é um arquétipo indiscutível em sites de relacionamento, nós resolvemos discuti-las.

Assim como a "foto da barriga tanquinho", a foto de decote é muito eficiente, atraindo 12,9 novos contatos por mês, ou 49% acima da média. Mas ao contrário das fotos de abdome masculino, elas têm um efeito positivo com o avanço da idade.

Como seria de esperar, as mulheres recebem menos mensagens à medida que envelhecem (o que é um assunto para outro post inteiro!), mas esta diminuição de novos contatos é mais lenta para as mulheres com fotos do decote. Uma mulher de 32 anos mostrando seu corpo recebe apenas um mensagem a menos por mês do que uma de 18 anos. Uma mulher mais velha que não mostra o corpo recebe 4 a menos, uma queda de popularidade relativamente grande.

Achamos essa "ação  anti-age" surpreendente. Quando olhamos mais para os dados, vemos que à medida que as mulheres envelhecem ficam mais hesitantes em enfatizar seus corpos, apesar de ainda ser uma boa estratégia (pelo menos em termos de volume de mensagens). Em vez disso, elas optam mais por mostrar-se em contextos não-sexuais, como estar ao ar livre:

Para as mulheres no final da adolescência e de vinte e poucos anos, fotos de corpo são o tipo mais popular. As fotos ao ar livre são o segundo. Esta ordem é invertida após os vinte e cinco anos.

Para encerrar a nossa discussão sobre o decote, vamos avaliar o tipo de mensagem que as mulheres que expõe esse tipo de fotos  recebem. Uma mensagem semelhante a "Belos Peitos!" não vai realmente levar a algum lugar e não tem muito valor para a destinatária. Olhamos em um nível mais aprofundado e analisamos o resultado dos contatos recebidos. Será que as mensagens são respondidas? Será que elas se transformam em conversas legítimas? Nós não entramos na caixa de entrada de ninguém para fazer isso, mas modelamos matematicamente uma "conversa" baseados no número de mensagens que chegaram e saíram. E descobrimos o seguinte:

Este gráfico dá uma excelente visão sobre o porquê do tema desta foto:

Receber mensagens mais significativas do que o tema da foto abaixo, mesmo que as duas mulheres tenham, basicamente, a mesma idade, passem a mesma quantidade de tempo no site, tenham perfil semelhante em tamanho e qualidade e sejam igualmente "atrativas", como avaliado pela população masculina do OkCupid.
Se você quiser apenas mensagens que valem a pena em sua caixa de entrada, dignas de uma conversa, seja sexy, mas não exagere.

Mito 4: certifique-se de que seu rosto está aparecendo

Achávamos que uma foto de rosto traria muito mais visitas aos perfis, tanto que colocamos o seguinte aviso no site do OkCupid ao fazer o upload da foto:
"Certifique-se que as pessoas verão o seu rosto". Descobrimos que qualquer foto fará o mesmo efeito do que uma foto só de rosto. Quando vimos esse resultado, não acreditamos.


Utilizamos os mais sofisticados softwares de captura de imagens, scripts para mensurar a porcentagem de fotos de rosto em nossos arquivos, gerando apenas gráficos sem sentido como esse:

Mas os dados se confirmaram: não faz a menor diferença se a foto é de rosto ou de outra parte do corpo. Na verdade, o fato de não mostrar o rosto gera uma certa curiosidade, contanto que você substitua a foto de rosto por outra parte do corpo que seja sexy e misteriosa o bastante para chamar atenção e despertar a vontade das pessoas se comunicarem com você.
Todas as pessoas das fotos acima receberam mais mensagens do que a média e nenhuma delas tinha um perfil "marcante".

É claro que não recomendamos que você marque um encontro com uma pessoa sem ver o rosto: certamente será um desastre. Num futuro próximo, iremos promover uma série de "blind dates" (encontros às escuras) e vamos comparar a importância da foto do perfil ao sucesso ou não do encontro, nos fornecendo um resultado que fará parte de um belo relatório.

Como os dados foram colhidos e avaliados:

Os dados foram colhidos randomicamente entre todos os usuários das grandes cidades, com uma única foto de perfil e com idade entre 18 e 32 anos.
Escolhemos os melhores e piores perfis da amostra (estatisticamente falando, mais acessados e menos acessados) e os excluímos da pesquisa, para não distorcerem os números, então os resultados se referem à média dos perfis mais visitados.

Aqui está o gráfico referente aos dados das usuárias:
Após uma "filtrada" nos resultados, fechamos a amostra com 7.140 usuários. Além da análise das fotos por uma série de scripts, marcamos, à mão, cada foto com várias características. Verificamos os dados duas vezes antes de os incluirmos na pesquisa.

Para quantificarmos o "sucesso" dos perfis femininos, consideramos o nº de novas mensagens recebidas nos perfis em determinado mês.

Tivemos que usar outro método com a amostra masculina, porque os homens tem um comportamento diferente em sites de encontro: eles tomam mais iniciativa do que as mulheres. A média foi feita, basicamente, comparando o nº de respostas  bem-sucedidas às "investidas" (mensagens enviadas) pelos homens através do OkCupid. Se a foto do homem for atraente, essa média seria maior que 1, pois ele receberia respostas às mensagens enviadas e novos contatos provenientes de mulheres que utilizam a ferramenta de busca do site.

Digg Google Bookmarks reddit Mixx StumbleUpon Technorati Yahoo! Buzz DesignFloat Delicious BlinkList Furl

2 comentários: on "Decote "rejuvenesce" mulheres em redes sociais"

Mona disse...

Pesquisa das boas, adorei saber estes resultados!!!!

Agne disse...

Adorei saber que você leu! Hahahaha! Obrigado!

Postar um comentário

Deixe aqui o seu InSurto: